12 de junho de 2009

Dois postais antigos do Cabo da Roca e três versos de Castilho

(Postais: Leuchttürme Portugals auf historischen Postkarten)
«Cedo veremos verdejando, e rindo
O alto Cabo surgir na extrema ponta
Da Lusitana Terra.»
António Feliciano de Castilho, A Festa de Maio (poemeto), 1822

2 comentários:

  1. Como eu adoro este sítio e é tão importante para mim e para o meu equilíbrio.

    :) adorei o poema.

    ResponderEliminar
  2. Lindo!
    Obrigada por esta maravilha.

    ResponderEliminar